Escolhas – Zé Neto e Cristiano

Letra da música

Escolhas

Se o céu tá nublado
Se o dia tá claro
Se o clima tá quente
Ou se vai chover
São coisas que a gente não pode prever

Do portão pra fora
Pessoas e decepções que vão acontecer
São coisas que a gente não pode prever

De tombo em tombo
Porrada em porrada
Depois de umas bocas erradas
Tem beijo que é divisão de mágoas

Tipo esse seu
Que a gente não escolhe
Simplesmente acha

Eu escolhi te amar
E pra sempre ter você
Escolho nunca te fazer chorar
E nunca te perder

Eu escolhi perdoar
Com você evoluir
E o que passou, deixar passar
Eu escolho ser feliz

Se hoje eu tô de terno preto
E você de noiva
É por causa das nossas escolhas


 

De tombo em tombo
Porrada em porrada
Depois de umas bocas erradas
Tem beijo que é divisão de mágoas

Tipo esse seu
Que a gente não escolhe
Simplesmente acha

Eu escolhi te amar
E pra sempre ter você
E escolho nunca te fazer chorar
E nunca te perder

Eu escolho perdoar
Com você evoluir
E o que passou, deixar passar
Eu escolho ser feliz

Se hoje eu tô de terno preto
E você de noiva
É por causa das nossas escolhas
Das nossas escolhas


 

Ouça mais: Sertanejo

Zé Neto e Cristiano - Escolhas

Composição: Bruno César / Daniel Cândido / Greg Neto / Klebin

Visualizações de ‘Escolhas‘ no YouTube (em tempo real):

Carregando…

Veja mais letras de músicas de Zé Neto e Cristiano.