Catástrofe – Murilo Huff

Letra da música

Catástrofe

O beijo não parece beijo
A cama não parece cama
Eu nem pareço eu
Na mão de outro amor que não seja o seu

Eu tô ficando sem querer ficar
Fazendo promessa que eu não vou cumprir
Magoando gente na cidade
Espalhando saudade por aí

Volta, evita uma catástrofe de beijos iludidos
Vítimas da minha boca
Volta, elas não têm nada a ver
Por culpa sua, tão sofrendo à toa

Volta, evita uma catástrofe de beijos iludidos
Vítimas da minha boca
Volta, elas não têm nada a ver
Por culpa sua, tão sofrendo à toa

Para pra pensar
Fora o meu
Quantos corações partidos
Cê pode salvar?


 

Eu tô ficando sem querer ficar
Fazendo promessa que eu não vou cumprir
Magoando gente na cidade
Espalhando saudade por aí

Volta, evita uma catástrofe de beijos iludidos
Vítimas da minha boca
Volta, elas não têm nada a ver
Por culpa sua, tão sofrendo à toa

Volta, evita uma catástrofe de beijos iludidos
Vítimas da minha boca
Volta, elas não têm nada a ver
Por culpa sua, tão sofrendo à toa

Para pra pensar
Fora o meu
Quantos corações partidos
Cê pode salvar?


 

Ouça mais: Sertanejo

Murilo Huff - Catástrofe

Informações sobre a música Catástrofe

Artista: Murilo Huff
Álbum: Fortaleza, Vol. 3
Compositores: Junior Pepato / Murilo Huff / Rafael Augusto / Ricardo Vismarck / Ronael
Gênero: Sertanejo
Data de lançamento: 2024
Vídeo oficial postado no YouTube em: 07 de junho de 2024

Visualizações de ‘Catástrofe‘ no YouTube (em tempo real):

Carregando…

Veja mais letras de músicas de Murilo Huff.